A montanha mágica

quarta-feira, outubro 01, 2003

do Mestre d`A Casa Encantada (3)


CINEMA E PINTURA I


KUNDUN de Martin Scorsese, (1997).



"O filme mais discutido de Martin Scorsese. Um biopic do Dalai Lama (que colaborou directamente na escrita do argumento) que o cineasta utiliza como modo de reflexão sobre o destino individual e sobre o tema, afinal tão católico e tão scorseseano, do sacrifício. KUNDUN, entre o musical e o desenho animado, entre a coreografia e a composição pictórica, é o mais singular filme alguma vez assinado por Scorsese, e seguramente o mais bizarro filme que o maisnstream de Hollywood foi capaz de gerar nas últimas décadas."


BLADE RUNNER de Ridley Scott, (1982).





"Uma visão do futuro marcada pelo pessimismo, sobre a cidade de Los Angeles, algures no século XXI. Apesar da proclamada filiação em METROPOLIS de Fritz Lang, BLADE RUNNER é exemplar da transformação da configuração da cidade no cinema e influenciou nitidamente filmes como BATMAN, BATMAN RETURNS e DICK TRACY. Um filme emblemático do fim da cidade racional substituída por uma cidade sem centro, caótica, imunda e etrnamente nocturna, sem forma."


A BUCKET OF BLOOD de Roger Corman, (1959).



"Um dos filmes de “culto” de Roger Corman que vai ser exibido pela primeira vez em Portugal. Dick Miller, actor “fetiche” de Corman, é empregado num bar beatnick, e possui ambições artísticas. Quando um dia empala acidentalmente um gato cobre o corpo do animal de cimento, acabando por ser confundido com uma escultura que torna o personagem famoso no seu meio, com as consequências que se esperam, nesta singular variação de HOUSE OF WAX."


O PLANETA DOS MACACOS de Tim Burton, (2001).



"A revisão de Tim Burton de PLANET OF THE APES não é só um delirante filme de aventuras, impecavelmente filmado. É também um enorme “comic” multicolorido, com reminiscências das grandes encenações de massas militares de um Kurosawa, por exemplo; e uma reflexão sobre um tema recorrente na obra de Burton, a irreconciliável diferença de naturezas que define a relação entre “nós” e os “outros”, entre o “eu” e o “mundo”. Nos tempos que atravessamos, convém também prestar atenção ao discurso político, que fala do carácter aleatório com que civilizações e religiões nascem e morrem."


(texto) in programação da cinemateca portuguesa museu do cinema, Novembro 2001.

posted by Luís Miguel Dias quarta-feira, outubro 01, 2003

Powered by Blogger Site Meter

Blogue de Luís Dias
amontanhamagica@hotmail.com
A montanha mágica YouTube




vídeos cá do sítio publicados no site do NME

Ilusões Perdidas//A Divina Comédia

Btn_brn_30x30

Google Art Project

Assírio & Alvim
Livrarias Assírio & Alvim - NOVO
Pedra Angular Facebook
blog da Cotovia
Averno
Livros &etc
Relógio D`Água Editores
porta 33
A Phala
Papeles Perdidos
O Café dos Loucos
The Ressabiator

António Reis
Ainda não começámos a pensar
As Aranhas
Foco
Lumière
dias felizes
umblogsobrekleist
there`s only 1 alice
menina limão
O Melhor Amigo
Hospedaria Camões
Bartleby Bar
Rua das Pretas
The Heart is a Lonely Hunter
primeira hora da manhã
Ouriquense
contra mundum
Os Filmes da Minha Vida
Poesia Incompleta
Livraria Letra Livre
Kino Slang
sempre em marcha
Pedro Costa
Artistas Unidos
Teatro da Cornucópia


Abrupto
Manuel António Pina
portadaloja
Dragoscópio
Rui Tavares
31 da Armada

Discos com Sono
Voz do Deserto
Ainda não está escuro
Provas de Contacto
O Inventor
Ribeira das Naus
Vidro Azul
Sound + Vision
The Rest Is Noise
Unquiet Thoughts


Espaço Llansol
Bragança de Miranda
Blogue do Centro Nacional de Cultura
Blogue Jornal de Letras
Atlântico-Sul
letra corrida
Letra de Forma
Revista Coelacanto


A Causa Foi Modificada
Almocreve das Petas
A natureza do mal
Arrastão
A Terceira Noite
Bomba Inteligente
O Senhor Comentador
Blogue dos Cafés
cinco dias
João Pereira Coutinho
jugular
Linha dos Nodos
Manchas
Life is Life
Mood Swing
Os homens da minha vida
O signo do dragão
O Vermelho e o Negro
Pastoral Portuguesa
Poesia & Lda.
Vidro Duplo
Quatro Caminhos
vontade indómita
.....
Arts & Letters Daily
Classica Digitalia
biblioteca nacional digital
Project Gutenberg
Believer
Colóquio/Letras
Cabinet
First Things
The Atlantic
El Paso Times
La Repubblica
BBC News
Telegraph.co.uk
Estadão
Folha de S. Paulo
Harper`s Magazine
The Independent
The Nation
The New Republic
The New York Review of Books
London Review of Books
Prospect
The Spectator
Transfuge
Salon
The Times Literary...
The New Criterion
The Paris Review
Vanity Fair
Cahiers du cinéma
UBUWEB::Sound
all music guide
Pitchfork
Wire
Flannery O'Connor
Bill Viola
Ficções

Destaques: Tomas Tranströmer e de Kooning
e Brancusi-Serra e Tom Waits e Ruy Belo e
Andrei Tarkovski e What Heaven Looks Like: Part 1
e What Heaven Looks Like: Part 2
e Enda Walsh e Jean Genet e Frank Gehry's first skyscraper e Radiohead and Massive Attack play at Occupy London Christmas party - video e What Heaven Looks Like: Part 3 e
And I love Life and fear not Death—Because I’ve lived—But never as now—these days! Good Night—I’m with you. e
What Heaven Looks Like: Part 4 e Krapp's Last Tape (2006) A rare chance to see the sell out performance of Samuel Beckett's critically acclaimed play, starring Nobel Laureate Harold Pinter via entrada como last tapes outrora dias felizes e agora MALONE meurt________

São horas, Senhor. O Verão alongou-se muito.
Pousa sobre os relógios de sol as tuas sombras
E larga os ventos por sobre as campinas.


Old Ideas

Past